Sabendo tecer, não desperdices fio. Sabendo falar, não desperdices as palavras.(Laos)

Amigos que me seguem:

domingo, 26 de fevereiro de 2012

Motivação


Para o mar agitado, uma bóia,


para os andares mais altos uma escada,

para o engessado, um par de muletas,

para a piscina, trampolim,

para a vida plena, motivação.

...

Motivação é o combustível dos fortes,

daqueles que determinaram a vitória,

seja em que campo for, e não desistem,

mesmo com o sol intenso, com o frio que queima,

mesmo diante da montanha mais alta,

porque sabem que basta seguir em frente,

dar sempre um passo adiante, para vencê-lá.



Por isso, nas pequenas vitórias do dia,

faça uma comemoração interior,

vibre com um abraço sincero,

com um beijo demorado,

com uma nota boa na escola,

com um obrigado bem merecido,

com a esmola bem ofertada,

com a ajuda que você pode dar,

com a esperança que você levou,

com o ombro amigo que pode oferecer.



Vibre, comemore com o nascer do dia,

você acordou e isso significa estar vivo,

Deus ainda acredita em você,

e estar vivo significa poder mudar:


o que estava errado,

o que estava incomodando,

pagar o que estava devendo,

e trabalhar mais um pouco,

para você, para a sua família,

para o mundo, que sem você,

no mínimo, seria menos interessante,

porque você é especial demais,

e só por você estar aqui,

já vibramos com alegria.

Por isso, vibre, comemore-se,

beba um copo de água em sua homenagem,

e siga em frente, que a motivação é VOCÊ!



Paulo Roberto Gaefke

terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Haruni terminado...no prazo!!!!

   

Agora é real...meu Haruni prontinho;nasceu ontem mas tô feliz de tê-lo feito mesmo com minha tendinite e bursite "bravas" no braço direito.Quero agradecer a todas que me ajudaram nas dúvidas e que me fizeram companhia desde que criei o selinho deste projeto até hoje.
      Pela criação de marcadores que nunca havia feito;até me entusiasmei e fiz mais alguns.
      Obrigada por partilharem todo este saber.Bjs e até o próximo projeto.

SEGUEM AS FOTOS DO PROCESSO:
1 A 4  -AINDA NAS AGULHAS,UM AMONTOADO DE PONTOS ,MARCADORES E FIOS DE SEGURANÇA.






6 A 8  - RETIRADO DAS AGULHAS ,ANTES DE BLOCAR.
 



9 EM DIANTE - APÓS BLOCAR.
 
 





segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

domingo, 5 de fevereiro de 2012

Acolhimento e Adaptação na Educação Infantil

   Abrem-se portões... Para quem é educador e está iniciando um novo ano,a maior necessidade será ,neste momento ,acolher e conhecer seus alunos ,formando vínculos que facilitem o processo ensino aprendizagem durante o ano letivo.

Quanta gente!!!!

Quantas pernas!!!

Que escola é essa???

Que mundo novo é esse???

   Pesquisar sobre o assunto é essencial ,assim como a troca de experiências.
  Achei um texto que partilho por achar muito proveitoso.Selecionei apenas frases,mas se o interesse vier...convido você a ler na íntegra.


"Até pouco tempo atrás nas creches é pré-escolas e até mesmo nas escolas de ensino fundamental parecia não haver outro jeito: ou as crianças se adaptavam ou se adaptavam. No entanto, isso vêm mudando. As boas instituições de educação têm se preocupado em acolher bem a criança que chega."  Cisele Ortiz

...(leia mais)

“A qualidade do acolhimento é que garantirá a qualidade da adaptação, portanto não se trata de uma opção pessoal, mas de compreender que há um interjogo de movimentos tanto da criança como da instituição dentro de um mesmo processo.”


Pensar sobre:


1. Como cada segmento da escola (merendeira, professor, porteiro, agente de limpeza, secretária, inspetor de alunos e etc) participará?

2. O que será planejado como atividade? Como os espaços serão organizados para receber as crianças e as famílias?

3. Como as crianças com necessidades educacionais especiais e as famílias participarão?

4. Qual o período de duração?

5. Como será a reunião de pais no primeiro dia de escola? Como sensibilizá-los para que possam participar do acolhimento? Quantos dias quem cuida da criança participará? A entrega do folder aos pais será em qual momento?

6. Quantas crianças serão atendidas por vez? Qual o tempo de permanência nos primeiros dias e nos dias subsequentes? Como será na volta do feriado prolongado (carnaval)?

7. Como acolher as crianças que são matriculadas em diferentes épocas do ano?

8. Quais instrumentos de registros (fotos, filmagem, registro escrito e etc) serão utilizados para avaliar o projeto?

• Elaboração do projeto final.


(Leia mais no blog Para além do cuidar )

sábado, 4 de fevereiro de 2012

Volta às aulas!!!!!

meninos



No primeiro dia de aula nosso professor se apresentou aos alunos,

e nos desafiou a que nos apresentássemos a alguém que não conhecêssemos ainda.

Eu fiquei em pé para olhar ao redor quando uma mão suave tocou meu ombro.

Olhei para trás e vi uma pequena senhora, velhinha e enrugada, sorrindo radiante para mim.

Um sorriso lindo que iluminava todo o seu ser.

Ela disse:"Ei, bonitão.meu nome é Rosa.

Eu tenho oitenta e sete anos de idade.

Eu ri, e respondi entusiasticamente:

"É claro que pode!", e ela me deu um gigantesco apertão.

Não resisti e perguntei-lhe:

"Por que você está na faculdade em tão tenra e inocente idade?", e ela respondeu brincalhona:

"Estou aqui para encontrar um marido rico, casar, ter um casal de filhos, e então me aposentar e viajar."

"Está brincando", eu disse.

Eu estava curioso em saber o que a havia

motivado a entrar neste desafio com a sua idade, e ela disse:

"Eu sempre sonhei em ter um estudo universitário, e agora estou tendo um!"

Após a aula nós caminhamos para o prédio da união dos estudantes, e dividimos um

milkshake de chocolate.

Nos tornamos amigos instantaneamente.

Todos os dias nos próximos três meses nós teríamos aula juntos e falaríamos sem parar. Eu ficava sempre extasiado ouvindo aquela "máquina do tempo" compartilhar sua experiência e sabedoria comigo.

No decurso de um ano, Rose tornou-se um ícone no campus universitário, e fazia amigos facilmente, onde quer que fosse.

Ela adorava vestir-se bem, e revelava-se na atenção que lhe davam os outros estudantes. Ela estava curtindo a vida!

No fim do semestre nós convidamos Rose para falar no nosso banquete de futebol.

Jamais esquecerei o que ela nos ensinou.

Ela foi apresentada e se aproximou do podium. Quando ela começou a ler a sua fala, já preparada, deixou cair três, das cinco folhas no chão.

Frustrada e um pouco embaraçada, ela

pegou o microfone e disse simplesmente:

"Desculpem-me, eu estou tão nervosa!

Eu não conseguirei colocar meus papéis em ordem de novo,

então deixem-me apenas falar para vocês sobre aquilo que eu sei."

Enquanto nós ríamos, ela limpou sua garganta e começou:

"Nós não paramos de jogar porque ficamos velhos;

 nós nos tornamos velhos porque paramos de jogar.

Existem somente quatro segredos para continuarmos jovens,

felizes e conseguir o sucesso.

Primeiro, você precisa rir e encontrar humor em cada dia.

Segundo, você precisa ter um sonho.

Quando você perde seus sonhos, você morre.

Nós temos tantas pessoas caminhando por aí que estão mortas e nem desconfiam!

Terceiro, há uma enorme diferença entre envelhecer e crescer.

Se você tem dezenove anos de idade e ficar deitado na cama por um ano inteiro,

sem fazer nada de produtivo, você ficará com vinte anos.

Se eu tenho oitenta e sete anos e ficar na cama por um ano e não fizer coisa alguma,

eu ficarei com oitenta e oito anos.

Qualquer um, mais cedo ou mais tarde ficará mais velho.

Isso não exige talento nem habilidade, é uma conseqüência natural da vida.

A idéia é crescer através das oportunidades.

E por último, não tenha remorsos.

Os velhos geralmente não se arrependem por aquilo que fizeram, mas sim por aquelas coisas que deixaram de fazer.

As lágrimas mais amargas diante de um túmulo, são mais por palavra não ditas do que por palavras ditas,

portanto, não tenha medo de viver.

Ela concluiu seu discurso cantando corajosamente "A Rosa".

Ela desafiou a cada um de nós a estudar poesia e vivê-la em nossa vida diária.

No fim do ano Rose terminou o último ano da faculdade que começara há tantos anos atrás.

Uma semana depois da formatura, Rose morreu tranqüilamente em seu sono.

Mais de dois mil alunos da faculdade foram ao seu funeral, em tributo à maravilhosa mulher que ensinou,

 através de seu exemplo, que nunca é tarde demais para ser tudo aquilo que você pode provavelmente ser,

se realmente desejar.



"Ficar velho é obrigatório, crescer é opcional".




Blandinne

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

02/02/2012

Dia de Iemanjá


Poderosa, força das águas... Inaê, Janaína, Sereia do Mar....Saravá minha Mãe Iemanjá! Leva para as profundezas do teu mar sagrado todas as minhas desventuras e infortúnios. Traz do teu mar todas as forças espirituais para alento de nossas necessidades...Paz, Esperança, Amor... Odoiá !